terça-feira, 24 de setembro de 2013

Faça alguém feliz II

Oi, passei para tirar as teias de aranha do blog!
Que saudade, minha gente!

Em 2010, escrevi um texto com esse mesmo título e você pode conferir aqui!
Ontem aconteceu algo parecido! Vou contar tudinho...

Na segunda-feira, saí atrasada para o trabalho e não tive nem tempo de preparar o lanche que sempre levo para comer no intervalo das 10 horas. Abri um pacote de biscoito Passatempo que tinha no armário e coloquei num potinho apenas 5 bolachinhas.
Quando deu o horário, fui para o refeitório, sentei no lugar de sempre e na outra mesa sentam os rapazes. Comi tranquilamente e no caminho de volta para a linha de produção, um rapaz me disse:
_ Desculpe a pergunta, mas onde você comprou a bolacha Passatempo!?
Ai, morri de vergonha, pois comi sem oferecer para ninguém.
Eu disse que ganhei de uma amiga que veio do Brasil e que tinha mais em casa, e que se ele quisesse eu levaria pra ele no outro dia.
Ele disse que não precisava, mas que ficou curioso, já que não se vê essa bolacha por aqui.
Pedi desculpas por não ter oferecido, e segui adiante.
Mas eu fiquei com isso na cabeça...
" Poxa, tenho mais um pacote fechado em casa... "
" Sempre alguém traz do Brasil... "

Ah, decidi levar para o colega!

Do pacote que abri, ainda tenho algumas...

No outro dia, quando ele chegou no refeitório eu já estava lá, então quando ele passou pela minha mesa eu estendi o pacote e disse que era para ele.
Sabia que não iria aceitar, então ele disse:
_ Desculpe, eu não posso aceitar, Priscilla! Isso é um tesouro e você não pode entregar um tesouro assim...
Então me levantei, fui até a mesa onde ele já estava sentado, estendi as duas mãos onde estava o pacote e falei: É seu!

Gente, nem sei explicar...
A cara de felicidade, misturada com de receio, mas os olhos dele brilhavam e encheram d'água... Então ele me disse, com uma voz mansa:
_ Poxa, Priscilla, obrigado! Olha, faz muito tempo que eu estou no Japão e há muito tempo tenho vontade de comer essa bolacha. Obrigado mesmo!

Era uma simples bolacha, que se transformou num tesouro, que se transformou num nó na minha garganta, de ver tanta emoção...
A única coisa que eu consegui dizer foi que não precisava agradecer, pois eu sabia o que era esse sentimento... Inúmeras vezes os amigos dos blogues, Twitter e Facebook enviaram delícias após ler algum comentário meu. Também sou grata!

Só sei que eu fiquei feliz o dia todo! E isso todo mundo percebeu, sem saber o motivo, as meninas comentaram sobre meu super sorriso e meus olhos brilhantes de felicidade.
Fiquei pensando naquele homem que se mostrou um menino que acabara de ganhar o melhor presente do mundo, bem ali na minha frente.

Não estou contando essa história aqui para vocês acharem que eu sou legal e dei minhas preciosas bolachinhas para o rapaz, mas para que vocês se inspirem a fazer alguém feliz, caso tenham a oportunidade.

Espero, sinceramente, que ele não me leve nada para retribuir o presente, mas que tenha isso no coração dele e que faça o mesmo por alguém, como se fosse uma corrente do bem, que não deve ser quebrada, entende?!

Uma das primeiras lições que aprendi e escolhi para levar comigo a vida toda é a seguinte:

" Não devemos permitir que alguém saia da nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz. "
[ Madre Teresa de Calcutá ]

Bem, quem me deu a bolacha Passatempo foi a Georgia, do Japão País do Meu Coração, ela trouxe um monte de delícias e presentes (cuja foto não sei onde foi parar)... Obrigada, Georgia! E me desculpe por ter repassado um presente que ganhei, mas como você pode ver, valeu demais, não é?!

Se você quiser ver a emoção da primeira vez que encontrei a Georgia e que fazia 6 anos que não via Passatempo e ela tinha alguns pacotinhos na bolsa, clique aqui!
Só quem vive essa saudade das coisas gostosas do Brasil é capaz de entender.

Esse biscoito, como muitas outras coisas do Brasil, não encontramos por aqui...
Algumas vezes já vi na loja brasileira, custando por volta de 15 reais! Podem acreditar!
Existe uma genérica, mas ninguém gosta! O bom mesmo é a Passatempo, original! 

É isso! Só não queria perder o pique e a emoção de hoje, porque se deixamos para contar depois, corremos o risco de nem tocar mais no assunto!
Foi assim que fui largando o blogue e não foi isso que desejei para ele quando comecei a fazê-lo... Quero voltar a blogar, nem que seja assim... De urgência e depois ver no que vai dar!

Vai por mim!
FAÇA ALGUÉM FELIZ!
Beijo!


9 comentários:

✿ chica disse...

Que bom te ver e que lindo te ler! Adorei sabe que conseguiste fazer alguém tão feliz com as bolachas Passatempo!

Que legal mesmo e é tão bom fazer o outro feliz! beijos,chica

Natinha disse...

Ai Pri... que orgulho de ser sua amiga!
To sem palavras!

Te admiro muito!
<3

Camila Amaral disse...

Que saudades amiga!!!! Fomos no show do Iron e lembrei muito do Marcio.....kkkk ...manda um abraço pra ele!!!

Mel disse...

Pri,vc tem um blog!!!Vou te seguir,adoro blogs e tenho um abandonado,largado rss.
Sobre seu post,parabens,é muito bom fazermos boas acoes.O rapaz que ganhou o biscoito ficou feliz,mas vc ve,vc ficou ate mais feliz que ele,satisfacao propria da muita felicidade mesmo.

Georgia disse...

Amiga, vc é coração puro!!!! Fazer a felicidade dos outros nos faz mais feliz ainda né ^^/
Saudades!!!!

Fernanda disse...

Oi Pri,
no fim do ano passado fiz transporte para uns corinthianos que vieram do Brasil para o Jogo e alguns me perguntaram se eu queria algo de lá. Pedi bolacha passatempo, bono de doce de leite e miojo de camarão. kkkkkkk
É incrível como essas coisas tão simples, pra nós que não temos acesso se tornam tão preciosas.

Me trouxeram tantas bolachas e tantos miojos e outras coisas que além de dar algumas coisas para amigos (que tbm adoraram) ainda ficamos alguns meses para comer tudo!!

bjuss

Leh disse...

Que bom que voltou a blogar, principalmente por uma causa tão bonita.
Sei bem o que você e o seu amigo sentiram.
Coisas pequeninas que se tornam enormes no coração... exatamente aquelas coisas que dizemos que não tem preço.

Resultaram em 3 coisas boas ao mesmo tempo: ele e você felizes e a sua volta ao blog.

Até mais... Temos muito o que conversar, Pri! A gente se tromba em alguma rede e marcamos \o/ ou vou a Toyohashi comer o tempurá. Não esqueci, viu?

Beijão

Nutri Bobagens disse...

Nossa que legal fazer um agrado a alguém, saiba que tudo que plantamos colhemos e assim será.

Apareça mais vezes!
Bjos

Deyse Kamiya disse...

Caramba...você me fez chorar!
Estava aqui procurando tudo que fale do Japão, sentindo uma saudade imensa da terrinha pois a readaptação esta sendo difícil.
Logo estarei postando um pouco da minha vida no Japão e peço a sua permissão para colocar esse seu pos na minha página.
Entre e contato comigo.
Obrigada!

http://encontreipravc.blogspot.com.br/
encontreipravc@gmail.com

Postar um comentário

Deixe seu comentário, crítica ou sugestão! Sua opinião é muito importante para a continuidade do blog!
Obrigada! Beijooooo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...